Adam Douglas Driver (San Diego, 19 de novembro de 1983) é um ator americano. Ele começou sua carreira aparecendo em vários curtas-metragens, programas e filmes para a televisão antes de fazer sua estreia no cinema em J. Edgar (2011). Posteriormente, teve papéis em Lincoln (2012), Frances Ha (2012), Inside Llewyn Davis (2013), Paterson (2016), dentre outros. Driver também se apresentou em peças de teatros de diversas produções da Broadway e Off-Broadway.

Pouco depois dos ataques de 11 de setembro, Driver entrou para a Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Ele serviu por dois anos e oito meses antes de sofrer uma lesão enquanto praticava bicicleta de montanha, e foi clinicamente dispensado antes que ele pudesse se alistar para o Iraque. Depois de deixar o Corpo de Fuzileiros, frequentou a Universidade de Indianópolis por um ano antes de se transferir para a Juilliard School para estudar drama. Foi membro do Grupo da Divisão de Drama 38 (2005-2009), juntamente com sua futura esposa Joanne Tucker, graduando-se na Bachelor of Fine Arts, em 2009.

Começou a se destacar e ganhar prêmios como ator em seu papel como Adam Sackler na série de drama Girls, da HBO, pela qual recebeu três indicações consecutivas aos Prêmios Emmy do Primetime de Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia. Em 2013, Adam Driver se casou com a também atriz Joanne Tucker em uma cerimônia particular e atualmente ambos têm um filho juntos. Foi elogiado pela atuação no filme Hungry Hearts (2014), ganhando, assim, a Coppa Volpi de Melhor Ator no 71.º Festival Internacional de Veneza.

Em 2015, interpretou o vilão (e antagonista da história) Kylo Ren em Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força. Em 2017, repete a participação na franquia Star Wars: Os Últimos Jedi e no final Star Wars: A Ascensão Skywalker. No ano seguinte, recebeu aclamação por parte dos críticos especializados por sua interpretação como o Detetive Philip “Flip” Zimmerman no filme BlacKkKlansman, pelo qual foi indicado aos prêmios Oscar, BAFTA,Globo de Ouro, Satellite e Screen Actors Guild de Melhor Ator Coadjuvante. Por seu ultímo trabalho com Noah Baumbach, Marriage Story, Adam Driver recebeu o total de 35 prêmios em torneios e festivais de críticas como Melhor Ator e também foi nomeado as principais premiações de Hollywood.